Kwaidan (1964)

怪談 © Toho Co.

 
    
 
Título Original 怪談 (Kaidan)
a.k.a. Kwaidan – As quatro faces do medo (BRA)
Gênero Jidaigeki, Horror
Diretor Masaki Kobayashi
Roteiro Yôko Mizuki
Cinematografia Yoshio Miyajima
Música Tôru Takemitsu
Produtor Shigeru Wakatsuki
Estúdio Toho Co.
Duração 183 min.
Lançamento 29 de Dezembro, 1964
 
Estrelando Michiyo Aratama (Primeira esposa), Misako Watanabe (Segunda esposa), Rentarô Mikuni (Mario / Samurai), Tatsuya Nakadai (Minokichi), Keiko Kishi (Mulher da neve), Katsuo Nakamura (Hoichi), Tetsurô Tanba (Gurreiro fantasma / emissário), Takashi Shimura (Monge chefe), Osamu Takizawa (Autor / Narrador), Kan’emon Nakamura (Kannai), Haruko Sugimura (Madame), Noboru Nakaya (Shikibu Heinai), Kei Satô (Samurai fantasma)

Sinopse Uma antologia de contos baseados em lendas folclóricas japonesas. O filme contém quatro contos:

O cabelo negro: Um samurai abandona sua esposa afim de casar-se com uma mulher de posição social superior. Porém, ele é incapaz de esquecer sua antiga companheira, o que leva seu novo casamento à ruína. Desolado, o samurai retorna para sua antiga morada. Ele reencontra o local exatamente como o deixou anos atrás, e sua esposa, que parece não ter envelhecido nem mesmo um dia, ainda o espera de braços abertos.

A mulher da neve: Dois lenhadores pegos em uma tempestade de neve refugiam-se em uma pequena cabana. Durante a noite, uma linda mulher aparece. Com seus poderes sobrenaturais ela toma a vida do lenhador idoso, mas decide deixar o mais jovem viver, contanto que ele nunca conte para ninguém o que aconteceu. Pouco tempo depois, o jovem conhece uma linda mulher, com quem se casa e tem filhos. Anos mais tarde, ele relembra-se do episódio na cabana, e decide relatá-lo à esposa.

Hoichi, o Sem Orelhas: Hoichi é um tocador de biwa cego, especializado em canções sobre batalhas. Um certo dia ele é convocado por um samurai para cantar “O Conto dos Heike”, uma balada sobre a batalha de Dan-no-ura, que terminou as Guerras Genpei, sem saber que sua audiência consiste nos espíritos dos guerreiros que lutaram e perderam aquela mesma batalha.

Em uma xícara de chá: Um escritor relata o conto de um samurai que toma uma xícara de chá com um espírito dentro. No entanto, ao ingerir seu próprio chá o escritor descobre que a história que redigiu é mais real do que imaginava…

Adaptação Todos os episódio de Kwaidan são adaptações de histórias encontradas nas coleções contos do escritor Lafcadio Hearn (1850-1904). “O cabelo negro” é baseada no conto “A reconciliação”, parte da coleção Shadowings de 1900; “A mulher da neve” é baseada no conto de mesmo nome da coleção Kwaidan: Stories and Studies of Strange Things de 1903; “Hoichi, o sem orelhas” também é adaptado de Kwaidan; e “Em uma xícara de chá” faz parte da coleção Kottô: Being Japanese Curious, with Sundry Cobwebs de 1902. 

Prêmios Além dos prêmios que recebeu, Kwaidan também foi nomeado à Palme d’Or no Festival de Cannes de 1965 e para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 1966.

1965 Cannes Film Festival
Prêmio Especial do Juri Masaki Kobayashi
1965 Kinema Junpo Award
Melhor Roteiro Yôko Mizuki
1966 Mainichi Film Concours
Melhor Direção de Arte Shigemasa Toda
Melhor Cinematografia Yoshio Miyajima
1968 Sant Jordi Awards
Melhor Filme Estrangeiro Masaki Kobayashi

Recursos

Artigos Resenhas Estudos Acadêmicos
____________________
Referências
IMDb: Kwaidan (Inglês)
JHMDb: Kwaidan (Inglês)
Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s